Não empurre o DirectAdmin como uma alternativa cPanel

Parece notícia antiga, mas ainda existem empresas e pessoas que não foram atingidas pelas novas regras de precificação do cPanel. O painel de controle DirectAdmin, afinal, será uma alternativa ao cPanel?

Quando me referi ao termo notícia antiga, é com uma certa razão.

Foi em 27 de junho de 2019 que a empresa cPanel anunciou que passaria a cobrar seus usuários por conta hospedada e não mais por servidor licenciado, e apesar de pouco tempo (se considerarmos que estamos na primeira semana de outubro/19 quando este texto foi escrito), houve muita notícia em torno deste contexto de precificação cPanel nas primeiras horas e dias após o anúncio da cPanel.

Particularmente, acredito que apesar da abundância de conteúdo reativo, pouca coisa era de fato útil. Eu li muita especulação, muito isso e aquilo e pouca informação baseada em uma análise realmente mercadológica. Foi por esta razão, também, que demorei a destacar este assunto aqui no blog da Sierti.

Painel de Controle: pra quê isso?

Eu sou usuário “dependente” de serviços de Internet desde o segundo semestre do ano de 1997, quando ainda estava trabalhando numa multinacional italiana e fui apresentado a uma quantidade de problemas que dependiam do tal arroba (sinal gráfico @) pra serem resolvidos. Antes disso, Internet era só pra lazer entre 00h01 e 05h59. 😉

Mas foi apenas em 2001 que eu precisei cuidar desse trem (uai, sô!) chamado hospedagem de site de perto. Eu estava prestes a abrir minha primeira empresa e já sabia de uma coisa: eu queria um email profissional com o nome da minha marca. Eu queria dizer “arroba”!

Naquela época as opções de empresas de hospedagem web eram menores. A gente não tinha muito trabalho pra encontrar um provedor de hospedagem pro site pois, de fato, o negócio estava concentrado em poucas empresas.

Mas algo já estava ali, presente: o tal painel de controle.

Não tá fazendo sentido este papo de “antes era assim”, né!? Calma que você irá entender.

Hein!?

Esta primeira empresa que eu mencionei ter aberto não atuava com serviços de Internet. Era tudo novo com muita novidade.

Após eu ter contratado o primeiro provedor de hospedagem da minha vida, eu queria encontrar o local pra criar o e-mail da empresa. Eu queria rapidamente passar meu contato profissional pras pessoas com quem eu me relacionava e o discurso já estava pronto. Eu queria dizer “arroba”!

Na ocasião, eu tive uma certa dificuldade pois os atalhos para criação desta conta de e-mail no provedor que eu tinha contratado eram estranhos.

Ligar para pedir suporte era complicado pois era uma ligação interurbana, então, eu queria fazer por conta própria todo o processo, porém… estava complicado.

Algum tempo depois eu descobri algo super interessante: os atalhos pra criação da conta de e-mail eram links mailto. 🙁

Salvo engano, não fiquei uma semana completa neste provedor e fui logo procurar um outro. Passei por mais um antes de chegar numa empresa que tinha de fato um painel de controle bacana e que permitia que eu criasse contas de e-mail a qualquer momento (ainda que fosse das 00h00 às 05h59).

Humm!

A Sierti (que foi fundada em abril de 2005 e tinha como expertise suporte a redes locais) começou a trabalhar com ênfase em gestão de hospedagem web a partir de 2008 ~ 2009.

Antes disso a gente fazia tudo na “unha” quanto éramos contratados para configurar servidores de intranet ou de controle da rede dentro das empresas.

Quando alguém queria um servidor de e-mail a gente instalava um postfix e tava ótimo.

Isso (instalação de um servidor de e-mail sem painel de controle) era perfeitamente aceitável pois os envolvidos atendiam a poucos domínios por organização. Um painel de controle pra gestão de e-mails e sites não era tão necessário assim.

E daí?

Você prestou atenção que este texto citou eventos ocorridos nos anos de 1997, 2001, 2005 e 2009?

Foram quase 20 anos como usuário e profissional que dependia de um painel de controle para gerenciar recursos de um domínio de Internet para si e para terceiros.

Então, vamos supor que ao longo destas quase duas décadas o painel de controle em questão tivesse sido o cPanel.

Você consegue imaginar o que é, para um profissional, ter que alterar a sua principal ferramenta de trabalho depois de tanto tempo?

Agora tente se colocar no lugar do usuário final, do cliente. Ele não têm desejos intensos de viver perigosamente nas terras da Internet. Mudanças pra eles (usuários e clientes), na maioria das vezes, são sinônimo de prejuízo ou perda de tempo.

E o aumento cPanel?

É verdade que a nova precificação do cPanel encarecerá as operações hosting de muitas agências e provedores que dependem do cPanel para automação do gerenciamento de sites.

Porém, é muito importante que você não se desespere. Internet Data Centers mundo a fora estão apresentando condições interessantes para resolver o problema do sobrepreço da licença cPanel.

Tanto para servidores dedicados quanto para os servidores dedicados virtuais, também conhecidos como VPS/Cloud, condições com preços fixos estão sendo apresentadas.

É hora de negociar! Se o seu fornecedor não estiver em condições de apresentar condições comerciais compatíveis com o seu modelo de negócio, procure alternativas ou um assessoramento hosting que possa te apoiar nas tomadas de decisão.

Conclusão

O painel de controle DirectAdmin é sim uma alternativa cPanel muito interessante.

Em alguns aspectos o painel DirectAdmin é melhor que seu concorrente, porém, o usuário (cliente final) ou revendedor não pode ser constrangido a mudar sua rotinas e processos por causa das limitações comerciais do provedor de hospedagem ou data center.

Em todo tempo, estabeleça um diálogo com seus clientes. Escreva artigos ou apresente dados demonstrando em quais situações o painel de controle DirectAdmin pode de fato ser a melhor alternativa cPanel.

Desta maneira você evitará que um ou mais clientes saiam de sua empresa, ou ainda, que haja um retorno ao cPanel depois de ter sido submetido a uma conturbada migração de cPanel para DirectAdmin.